Martha Rocha, primeira Miss Brasil, morre aos 87 anos

Martha Rocha, primeira Miss Brasil, morre aos 87 anos

Ex-miss morava em uma casa de repouso em Niterói Publicado em 05/07/2020 – 20:26 – Por Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro A ex-miss Brasil Continue lendo »

Leonardo Villar, ator de Pagador de Promessas, morre aos 96 anos

Leonardo Villar, ator de Pagador de Promessas, morre aos 96 anos

 O ator foi vencedor da Palma de Ouro do festival de Cannes Publicado em 03/07/2020 – 21:58 Por Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil – São Paulo O ator Leonardo Villar morreu hoje (3), Continue lendo »

Registro digital de veículo está disponível em todo o país

Registro digital de veículo está disponível em todo o país

Pará foi o último estado a começar a usar o documento eletrônico Publicado em 02/07/2020 – 05:27  – Por Agência Brasil* – Brasília A versão digital do Certificado de Registro e Licenciamento Continue lendo »

Projeto da Funarte apresenta espetáculos e oficinas pela internet

Projeto da Funarte apresenta espetáculos e oficinas pela internet

Bossa Criativa – Arte de Toda Gente estreia hoje, às 18h Publicado em 30/06/2020 – 12:37 Por Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro Estreia hoje (30) o projeto Bossa Continue lendo »

Operação da PF combate fraudes no transporte escolar em Minas

Operação da PF combate fraudes no transporte escolar em Minas

Editais tinham cláusulas que restringiam a competitividade   Publicado em 30/06/2020 – 12:30 Por Karine Melo – Repórter da Agência Brasil – Brasília Desvios de recursos do Programa Nacional de Apoio ao Continue lendo »

Cidadãos poderão avaliar serviços públicos digitais pela internet

Cidadãos poderão avaliar serviços públicos digitais pela internet

  Interessados deverão inscrever-se em página do Ministério da Economia Publicado em 28/06/2020 – 09:48 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília Os cerca de 2 mil serviços públicos Continue lendo »

Google vai veicular notícias com acesso aberto em nova ferramenta

Google vai veicular notícias com acesso aberto em nova ferramenta

Serviço deverá estar disponível no Brasil até o fim do ano. Publicado em 27/06/2020 – 18:47 Por Jonas Valente – Repórter Agência Brasil – Brasília O Google anunciou uma nova ferramenta por Continue lendo »

 

Governo libera mais R$ 28,7 bilhões para auxílio emergencial

© Reuters/Ricardo Moraes (Reprodução)

Total liberado para programa chega a R$ 152,6 bilhões

 


Publicado em 26/05/2020 – 21:01 Por Wellton Máximo – Repórter da Agência Brasil – Brasília

A equipe econômica autorizou hoje (26) o repasse de mais R$ 28,7 bilhões para pagar o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras). A medida eleva para R$ 152,6 bilhões o custo com o benefício por três meses.

Segundo o Ministério da Economia, os recursos extras são necessários porque a demanda ficou maior que o previsto. Cálculos do Ministério da Cidadania apontam que cerca de 70 milhões de brasileiros estão aptos a receber o auxílio emergencial.

A liberação não contempla uma possível extensão do programa, que a princípio valerá apenas por três meses. O auxílio emergencial pode ser pedido até o próximo dia 3. Caso o benefício seja aprovado, o trabalhador informal receberá o auxílio em três parcelas, com espaço de 30 dias cada.

O novo orçamento para o auxílio emergencial é ligeiramente superior aos R$ 151,5 bilhões anunciados na semana passada pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues . Até hoje à tarde, a Caixa Econômica Federal, responsável por operar o benefício, tinha pagado R$ 70,8 bilhões a 56,9 milhões de brasileiros.

O total de beneficiados corresponde ao triplo do inicialmente previsto pelo governo. Em março, ao anunciar as primeiras medidas de enfrentamento à pandemia de coronavírus, o Ministério da Economia tinha projetado que o auxílio emergencial custaria R$ 15 bilhões e beneficiaria de 15 milhões a 20 milhões de pessoas. Os números baseavam-se na proposta original do governo, que previa benefício de R$ 200.

Com a aprovação do texto pelo Congresso, que elevou o valor para R$ 600 e permitiu que mães solteiras recebessem em dobro, o governo elevou o orçamento do programa para R$ 98,2 bilhões e ampliou para 54 milhões a estimativa do número de beneficiados. No fim de abril, o governo pediu um crédito suplementar no Orçamento, ampliando a verba para R$ 124 bilhões.

Edição: Liliane Farias

Agência Brasil / EBC


É proibida a reprodução, total ou parcial do conteúdo sem prévia autorização.
+