Em vulnerabilidade, ciganos temem efeitos da pandemia em comunidades

Em vulnerabilidade, ciganos temem efeitos da pandemia em comunidades

Famílias sofrem despejo e veem contaminação por covid-19 aumentar Publicado em 12/07/2020 – 08:05 Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil – Brasília A histórica situação de vulnerabilidade das comunidades Continue lendo »

Ciganos buscam alternativa de renda durante pandemia de covid-19

Ciganos buscam alternativa de renda durante pandemia de covid-19

Falta de dados e políticas específicas são principais desafios Publicado em 12/07/2020 – 08:00 Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil     – Brasília Conhecidos pela grande habilidade e desenvoltura comercial, Continue lendo »

Prefeitura do Rio faz transmissão ao vivo para adoção de animais

Prefeitura do Rio faz transmissão ao vivo para adoção de animais

Estão disponíveis 50 cães e gatos resgatados na capital fluminense Publicado em 11/07/2020 – 07:02 Por Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro A Prefeitura do Rio de Continue lendo »

Aplicativo permite denúncias de crimes ambientais na Amazônia

Aplicativo permite denúncias de crimes ambientais na Amazônia

Pelo Guardiões da Amazônia pode ser registrado local exato de queimada Publicado em 09/07/2020 – 05:28 Por Agência Brasil – Brasília Atualizado em 09/07/2020 – 09:53 O governo federal criou um aplicativo Continue lendo »

40 anos sem Vinícius: saiba mais sobre o Poetinha que cantou a saudade

40 anos sem Vinícius: saiba mais sobre o Poetinha que cantou a saudade

Apresentação nesta quinta terá artistas como Gilberto Gil e Toquinho Publicado em 09/07/2020 – 10:01 Por Luiz Claudio Ferreira – Repórter da Agência Brasil – Brasília “Se estiver com saudades, pode abrir Continue lendo »

Rio de Janeiro divulga regras de pontuação para reabertura

Rio de Janeiro divulga regras de pontuação para reabertura

Governo diz que estado do Rio está com risco moderado Publicado em 09/07/2020 – 09:00 Por Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro O governo do estado do Continue lendo »

Martha Rocha, primeira Miss Brasil, morre aos 87 anos

Martha Rocha, primeira Miss Brasil, morre aos 87 anos

Ex-miss morava em uma casa de repouso em Niterói Publicado em 05/07/2020 – 20:26 – Por Cristina Indio do Brasil – Repórter da Agência Brasil – Rio de Janeiro A ex-miss Brasil Continue lendo »

 

Bolsonaro confirma mais duas parcelas do auxílio emergencial

© Live semanal Bolsonaro (Reprodução)

Valor será menor do que os atuais R$ 600


Publicado em 04/06/2020 – 22:00 Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil – Brasília

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira (4) que foi acertado o pagamento de mais duas parcelas do auxílio emergencial, mas com valor inferior aos atuais R$ 600. A informação foi dada pelo presidente durante sua live semanal, transmitida pelas redes sociais.

“Vai ter, também acertado com o [ministro da Economia] Paulo Guedes, a quarta e a quinta parcela do auxílio emergencial. Vai ser menor do que os R$ 600, para ir partindo exatamete para um fim, porque cada vez que nós pagamos esse auxílio emergencial, dá quase R$ 40 bilhões. É mais do que os 13 meses do Bolsa Família. O Estado não aguenta. O Estado não, o contribuinte brasileiro não aguenta. Então, vai deixar de existir. A gente espera que o comércio volte a funcionar, os informais voltem a trabalhar, bem como outros também que perderam emprego”, disse.

O auxílio emergencial foi aprovado pelo Congresso Nacional em abril e prevê o pagamento de três parcelas de R$ 600 para trabalhadores informais, integrantes do Bolsa Família e pessoas de baixa renda. Mais de 59 milhões tiveram o benefício aprovado. O novo valor ainda não foi anunciado pelo governo.

O presidente também antecipou um possível aumento no valor do benefício do Bolsa Família, pago a cerca de 14 milhões de famílias em situação de pobreza e pobreza extrema. O valor do eventual aumento ainda será anunciado, garantiu o presidente, sem especificar uma data.

“Acho que o pessoal do Bolsa Família vai ter uma boa surpresa, não vai demorar. São pessoas que necessitam desse auxílio, que parece que está um pouquinho baixo. Então, se Deus quiser, a gente vai ter uma novidade no tocante a isso aí”, afirmou.

Liberação de praia
Durante a live, o presidente defendeu a liberação de acesso às praias, que está proibida na maioria das capitais litorâneas do Brasil, e que a Advocacia-Geral da União (AGU) vai emitir um parecer favorável sobre o assunto.

“O governo federal vai opinar favoravelmente para aquela pessoa ir à praia, agora o juiz de cada cidade, que vai recepcionar esses mandados de segurança, é que vai decidir se o João pode ir para a praia ou não. Eu não vejo nada demais ir para a praia, praia é saúde”, afirmou.

O fechamento das praias faz parte das estratégias dos governos estaduais e prefeituras para evitar aglomerações. O isolamento social é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e por especialistas como a principal forma de evitar disseminação em massa do novo coronavírus.

Repatriação
O presidente Jair Bolsonaro ainda afirmou que 23 mil brasileiros foram repatriados ao país desde o início da pandemia. São pessoas que ficaram retidas no exterior com o fechamento das fronteiras por centenas de países e estavam recebendo apoio logístico e diplomático do governo para retornarem.

O governo ainda deve investir mais R$ 10 milhões para a repatriação de mais 3 mil pessoas que seguem sem conseguir voltar ao Brasil.

Edição: Fábio Massalli

Agência Brasil / EBC


É proibida a reprodução, total ou parcial do conteúdo sem prévia autorização.
+